9 de outubro de 2009

Mergulho Recreativo Adaptado para pessoas com deficiências na atividade turística no RN: Um mergulho de inclusão

Monografia enviada por Graziella Bezerra - UFRN

A partir do advento da Revolução Industrial a qual possibilitou ao homem obter mais tempo livre para suas atividades de lazer, foi que o segundo começou a ser encarado como um direito social. Acarretando assim uma crescente necessidade de se desenvolver alternativas que atingissem a todos os detentores desde direito, minimizando barreiras que impossibilitassem indivíduos com certas limitações.

Diante desse quadro foi que este estudo foi desenvolvido, objetivando analisar o
lazer na ótica das pessoas com deficiência, enfatizando em sua plenitude as condições e perspectivas da inclusão deste público especial em atividades de lazer inseridas em equipamentos turísticos de mergulho. Realizou-se revisão bibliográfica sobre lazer, deficiência e acessibilidade.

Coletou-se depoimentos entre especialistas e mergulhadores profissionais acerca das possibilidades, limitações e procedimentos necessários para a inserção de pessoas com deficiência na atividade de mergulho recreativo adaptado. Bem como, foi feito uma análise baseada nas normativas existentes para avaliar as condições de acessibilidades dentre os empreendimentos utilizados como amostra do estudo.

Contudo, foi possível concluir que, ainda hoje, apresenta-se uma realidade bastante precária que limita o conhecimento referente
ao lazer, dificultando a inclusão social e o desenvolvimento do indivíduo como cidadão. Embora o discurso oficial paute a questão do lazer para pessoas com deficiência, ainda não apresenta soluções concretas.

Enfim, acredita-se que cabe não apenas aos órgãos competentes sanar o problema, mas também ao setor privado e a toda sociedade, visto que é produto de cada ser humano a questão da conscientização e eliminação de barreiras, sejam elas físicas ou atitudinais.



Monografia completa aqui

Um comentário:

Alto Mar disse...

Que bacana esse tema!